terça-feira, 22 de setembro de 2009

Internet: novos valores e comportamentos

Este post traz pontos relevantes do artigo abaixo. Comente os conceitos e dialogue com os outros participantes do blog sobre o tema, enriquecendo nosso espaço virtual de discussão.

INTERNET: NOVOS VALORES E NOVOS COMPORTAMENTOS

SÉRGIO FERREIRA DO AMARAL

} A maioria das pessoas não está sendo educada digitalmente, ou melhor, não tem sequer a possibilidade de ser educada -> desigualdade social/digital -> exclusão social/digital.

} A alfabetização para as novas tecnologias é condição fundamental para que algo de realmente produtivo seja construído a partir de sua utilização.

} São as crianças as que melhor dominam um novo aparato tecnológico e estão na ponta de um processo transformador que atinge áreas da vida cotidiana.

} As crianças têm utilizado a internet para brincar, para aprender e principalmente para se comunicar formar relacionamentos, incluindo, nesse processo, inteligência, raciocínio, criatividade e personalidade.

} Essa nova cultura flui das experiências no ciberespaço -> formação de comunidades virtuais -> experiência social diferenciada -> ambiente interativo.

} Ao nos conectarmos com as informações por meio da Internet estão ocorrendo mudanças externas e internas -> novo ambiente cognitivo.

} Pierre Lévy (1999): “A multimídia interativa ajusta-se particularmente aos usos educativos[...]que mais ativamente uma pessoa participar da aquisição de um conhecimento, mais ela irá integrar e retomar aquilo que aprender...a multimídia interativa, graças a sua dimensão reticular ou não-linear, favorecer uma atitude exploratória, ou mesmo lúdica, face ao material a ser assimilado.”

Novo processo de aquisição de conhecimento: possibilidade de diminuir as diferenças historicamente estabelecidas entre diversão e educação.

20 comentários:

  1. Como o autor alerta sobre novos valores e comportamentos, inicio meu comentário defendendo essa nova cultura, cibercultura, das críticas usuais que, aliás, já estão caindo de moda.
    Considero que as novas gerações podem nos ensinar muito sobre seus desejos e aspirações, que em muito diferem de nossa visão de mundo, sempre presa ao medo das novas experiências com aroma de salto do abismo, rsrsr.
    Se pelo menos herdarmos das novas gerações sua coragem de se lançar no mundo virtual sem medo de assumir que pouco sabemos sobre alguma coisa, acho que será mais fácil aprender a aprender...

    ResponderExcluir
  2. As crianças já nascem na maternidade com o dedinho clicado no mouse, kkkk.

    ResponderExcluir
  3. A multimídia interativa verdadeiramente dá - nos o poder de diminuir fronteiras, não só culturais, como também sociais. Prova disso é toda revolução que a Internet vem causando ao longo dos anos... o que falta pra muita gente é aprender a usufruir efetivamente dos recursos que a rede nos proporciona. Vamos incentivar o bom uso da mídia interativa!

    Viva o ócio criativoooo!!!

    Adoro vcs, meninas ^^

    Beijinhos

    Juliane Signorini

    ResponderExcluir
  4. Como bem foi citado, a inclusão digital não alcança a todos, infelizmente, pois muitos ainda veem a internet, assim como a tecnologia de um modo geral, como um bicho de sete cabeças, o que leva a perda de interesse pelo "novo" tipo de aprendizagem.
    Assim, tem-se cada vez mais crianças antenadas no mundo virtual, pois a facilidade dessas em adquirir e aumentar o conhecimento é maior.
    O mundo virtual existe para trazer benefícios, isso quando corretamente utilizado, pena é saber que nem todos o usam para o bem, há quem utilize desse importante mecanismo para fazer o mal.
    Mas, quem sabe um dia, todos se conscientizem de que a informática existe para facilitar a vida, além de proporcionar a interação de pessoas de todo o mundo, ainda que estejam cada um em um canto do planeta.

    ResponderExcluir
  5. Acho que se todas as crianças tivessem a possibilidade de participarem ativamente de atividades interativas por meio de multimidia, com certeza teriam mais prazer em aprender e com isso diminuiria as diferenças que existem.

    ResponderExcluir
  6. As crianças de hoje estão interadas com a tecnologia,percebe-se uma
    facilidade em lidar com o "digital". Elas utilizam a internet como
    brincadeira e é nesse momento que podemos introduzir o apredizando e o
    conhecimento.
    Dessa maneira a criança terá facilidade em aprender sem o sentimento
    de obrigação,mas com satisfação

    ResponderExcluir
  7. Concordo com Pierri Lèvy [1999] quando diz que a multimidia interativa ajusta-se aos usos educativos ao relacionarmos ao ensino infantil, através da nova tecnologia se desenvolvem brincando construindo prazerosamente seus conhecimentos e desenvolvem suas habilidades motora.Os adultos necessitam interagir com a tecnologia para melhor integrar no mercado de trabalho. Podemos dizer que hoje em dia, existe dois tipos de analfabetos os que nunca frequentaram uma escola e os que nunca freqyentaram aula de informatica.

    ResponderExcluir
  8. O ciberespaço é mistura de informações, ideias, afinidades, culturas sobrepostas, enriquecidas, partilhadas, comentadas e elaboradas por muitas mentes, movidas pelos toques digitais que criam e traçam novos sonhos, novos projetos de vida.
    É a maneira de combater a mesmice, a falta de interesse em viver, aprender e ler de novo o mundo sob novas óticas.

    O ensino pedagógico sempre caminhou lado a lado com a ciência e com a criatividade dos invidíduos abertos, interessados e acessíveis a ele. O ciberespaço veio para enriquecer toda e qualquer perspectiva de ensino - aprendizagem.

    Maria Eunice, 6º Letras

    ResponderExcluir
  9. Concordo com a narrativa de Sérgio Ferreira Amaral quanto à necessidade de alfabetização das pessoas para as novas tecnologias ser condição fundamental para a construção de algo realmente produtivo, pois para muitos de nós tudo isso ainda é novo, até porque algumas situações fazem com que tenhamos resistência, o que pode ser sanado a partir do conhecimento de como usar a internet de forma construtiva.

    ResponderExcluir
  10. fatima kato gardinalli27 de setembro de 2009 18:41

    A internet já faz parte de nossas vidas tanto para o bem quanto para o mal, facilitando-a e inclusive aproximando as pessoas,ao contrário do que muitos diziam, fazendo o que as cartas faziam no século passado, carregadas daquilo que somos: razão, pretensão, interesses, sentimentos...está fazendo parte de nossas vidas tão ativamente a ponto de nos irritarmos profundamente quando tudo pára quando cai o sistema, dificultar a inclusão digital das crianças, além de irracional é incabível dentro da atual realidade...é tentar privá-las do inexorável...

    ResponderExcluir
  11. Carla A. Petrecone RGM:186329 de setembro de 2009 12:35

    Realmente nos dias de hoje, parece que as crianças já nascem sabendo mexer no computador. De fato isso ocorre devido ao mundo globalizado, na qual as informações sao passadas muito velozmente. Na minha opinião esra realidade tem seus dois lados, o negativo e o positivo. O lado bom é que hoje nao tem necessidade de se correr atras da informaçao, pois esta vem ao seu alcance, mas a contraposição é necessario que quem esta na frente do comuputador, saiba se utilizar dessas informaçoes tecnologicas de uma maneira satisfatorias, e que consiga transformar essas informaçoes em conhecimento, senao de nada adianta!!

    ResponderExcluir
  12. Elenice de O. Basilio9 de novembro de 2009 15:18

    Elenice de O. Basilio
    Podemos perceber que as crianças estão dando um show no que diz respeito a tecnologia, dominam com muita naturalidade e deixam muitos adultos no "chinelo".
    Pesquisam, brincam, leêm notícias, etc... ficam informados sobre o que esta acontecendo no mundo.
    Para fazer um trabalho em grupo basta um clik e pronto todos interagem sem precisar sair de casa, comodidade e facilidade para o universo escolar.

    ResponderExcluir
  13. Claudia Maria Galdino Bitencourt25 de novembro de 2009 16:04

    Claudia Maria Galdino Bitencourt RGM 2746

    Hoje na era da informática todos professores devem prepar-se para atender a necessidade que vigora no mundo da tecnologia, pois todas as crianças estão conectadas nesta rede de informações.
    Ademais as crianças tem facilidade em aprender e estão sempre buscando novos caminhos e novas descobertas.

    ResponderExcluir
  14. Beatriz I C Ferreira28 de novembro de 2009 04:13

    Hoje em dia as crianças ja nascem sabendo se comunicar de varias maneiras inclusive tecnologicamente, os profissionais da educação tem que se capacitar para poder receber de maneira digna essas pessoas, que trazem uma bagagem cultural, muito maior que os de antigamente, pois tem muito mais acesso que os outros.
    A escola tem que avançar se não não atinge os interesses destes alunos.

    ResponderExcluir
  15. Benedita Ap Gonçalves28 de novembro de 2009 04:21

    As crianças ja tem no sangue a tecnologia, para elas é muito facil apertar os botoes da esquerda para a direita.
    Então os educadores tem que se aprimorar muito mais para estar diante dessas crianças em sala de aula.

    ResponderExcluir
  16. Elisabete Ribeiro Macedo28 de novembro de 2009 04:23

    Hoje em dia sabemos que as crianças encontram a tecnologia em brinquedos e celulares, para elas tudo isso é muito facil em busca de novidades em sites, filmes.
    Assim os educadores precisam estar atualizados.

    ResponderExcluir
  17. Simone da Silva Santos28 de novembro de 2009 04:26

    Sabemos que nos dias de hoje as crinças ja nascem com a tecnologia dentro de casa, sendo assim fica muito facil para as mesmas aprenderem a usar os meios tecnologicos de hoje.
    O porfessor também tem que possuir esse conhecimento para poder alcançar esses alunos.

    ResponderExcluir
  18. Nos dias atuais as crianças são praticamente natas em relação a informatica, sendo assim o professor precisa estar apto em relação a informatica, pois é uma ferramenta primordial para um bom desempenho escolar.

    ResponderExcluir
  19. marcela 6ª semestre letras10 de dezembro de 2009 14:12

    Para Vygotsky (1988) O aluno não é tão somente o sujeito da aprendizagem, mas, aquele que aprende junto ao outro o que o seu grupo social produz, tal como: valores, linguagem e o próprio conhecimento. E estes processos se tornariam, para um jovem, muito mais prazeroso se unido a magia do mundo virtual, que apesar de fazer parte do cotidiano mundial, não é de fácil acesso a todos. Faz-se necessário a inserção dos educandos neste meio tão utilizado nos dias de hoje, para que eles se intimizem e façam o uso devido e aproveitem de maneira responsável deste mecanismo.

    beijos da Má e do Miguel

    ResponderExcluir
  20. marcela 6ª semestre letras10 de dezembro de 2009 14:14

    marcela 6ª semestre letras disse...
    Para Vygotsky (1988) o aluno não é tão somente o sujeito da aprendizagem, mas, aquele que aprende junto ao outro o que o seu grupo social produz, tal como: valores, linguagem e o próprio conhecimento. E estes processos se tornariam, para um jovem, muito mais prazerosos se unidos a magia do mundo virtual, que apesar de fazer parte do cotidiano mundial, não é de fácil acesso a todos. Faz-se necessário a inserção dos educandos neste meio tão utilizado nos dias de hoje, para que eles se intimizem e façam o uso devido e aproveitem de maneira responsável deste mecanismo.

    beijos da Má e do Miguel


    Erros corrigidos rsrsrs

    ResponderExcluir